All for Joomla All for Webmasters

L Livros

Previous Next

Malcolm (Autor: Fabio Massari e Luciano Thomé)

User Rating: 0 / 5

Star InactiveStar InactiveStar InactiveStar InactiveStar Inactive
 

Fabio Massari é um daqueles profissionais onde naturalmente ligamos a qualquer coisa que denuncie o mais alto nível de qualidade. Malcolm McLaren, um dos mais controversos e revolucionários nomes da história do mainstream, também. E a história contado por alguém como o visionário ator, produtor e artista inglês só poderia realmente ser narrada por alguém com esse know-how.

Malcolm, HQ ilustrada por Luciano Thomé, é basicamente a transcrição de uma entrevista “mal” aproveitada pela MTV realizada pelo eterno Reverendo em 1995. Nela aborda praticamente tudo o que algum desavisado precisa saber do lendário criador dos Sex Pistols e revolucionário nome da cultura pop mundial. Mas é também muito mais, realizando um mergulho mais profundo dentro de um conteúdo bem ilustrado e que impressiona pela riqueza de detalhes em pouco mais de 64 páginas.

Narrada da mesma forma que uma entrevista, o leitor se transforma em um espectador de um material que vai além dos traços muito bem produzidos por Luciano para delimitar cada pergunta de Massari e retratar um momento que, pelo conteúdo, poderia ser considerado na época um mais importantes para o entretenimento musical no Brasil.

As perspectivas de Malcolm e sua crueza com assuntos om o qual fãs lidam com extrema paixão evidenciam um homem que viu muito além de seu tempo enquanto ironizava tudo o que acontecia na época. Tudo com um olhar 100% capitalista e que denuncia o fato de que perder o controle sobre isso foi o grande trunfo de uma vertente do mundo da música que até hoje inspira a rebeldia.

Existe um mergulho dentro da mente de Malcolm Mclaren que somente através de ilustrações o leitor poderia ter a dimensão exata de todos os acontecimentos. E até por isso o trabalho realizado entre a dupla acaba ganhando uma dinâmica especial. Não é somente uma HQ, assim como também não é um livro.

Falecido em 2010, Malcolm McLaren certamente aprovaria o trabalho realizado por seu entrevistador. Sempre contestador, o inglês revolucionou praticamente tudo o que foi possível, mas mais do que um grande empreendedor, também queria rir das coisas. E riu. E não existe como encerrar a leitura da HQ sem rir.

Mesmo sem funcionar como uma biografia, o trabalho joga luz a alguns dos episódios mais intrigantes da cultura pop das últimas décadas. E em como a indústria soa inocente perante àqueles que souberam manipular cada passo seu.

A música passa por aqui.

Email:

contato@revistasom.com.br

Fone:

11 98022.7441

Mídias Sociais