All for Joomla All for Webmasters
Previous Next

Sensação do stoner mineiro, KKFOS divulga capa do álbum de estreia

User Rating: 0 / 5

Star InactiveStar InactiveStar InactiveStar InactiveStar Inactive
 

O financiamento coletivo (crowdfunding) do KKFOS para poder gravar o primeiro álbum de estúdio obteve sucesso de 108%. A confiança e expectativa depositada na banda, com base em Belo Horizonte (Minas Gerais) e há cinco anos na ativa, foram energia extra para Thiaggo Tayer (vocais e guitarra), Vinicius Fiumari (baixo), Vinicius Lira (guitarra) e Aldrin Salles (bateria) comporKlownstrophobia, com 10 faixas, cuja arte gráfica da capa é enfim revelada, a pouco mais de um mês do lançamento oficial do registro em versão digital e física.

Produzido no estúdio Toth por Danilo Souza e Fernando Uehara (Bullet Bane), e masterizado no El Rocha por Fernando Sanchez (CPM-22), Klownstrophobia é uma sintonia fina e autêntica com referências de Queens of the Stone Age, Sonic Youth, Black Sabbath, Kyuss e Black Rebel Motorcycle. O groove do stoner, a vibração do rock, riffs sabáticos e o ruído do indie são peculiarmente diluídos e destacados de forma muito orgânica ao longo das faixas.

O lançamento oficial do Klownstrophobiaacontece dia 19 de maio, na casa de show A Autêntica, na região da Savassi. Na ocasião, o KKFOS vai tocar um repertório especial, focado nas novas músicas. Para quem participou do crowdfunding, no entanto, o CD virtual chega alguns dias antes da apresentação. O evento ainda terá em palco as bandas Tempo Plástico e Oceania (nova empreitada do ex-Udora e Diesel Gustavo Drummond).

Confira o track list de Klownstrophobia:
1 - Drunken Chain
2 - What It Takes
3 - Between Vultures and Crows
4 - God's Oblivion
5 - Confusion Ain't an Illusion
6 - Dry Lullaby pt. 1
7 - Dry Lullaby pt. 2
8 - Witness of Failure
9 - Hollow Lights
10 - Klownstrophobia

O KKFOS – Formada em 2012, o KKFOS nasceu coma proposta de condensar diferentes sonoridades do rock. Stoner rock, indie, alguns elementos do grunge e a verve punk encontram abrigo na composição desta banda mineira, que contou com o incentivo de ninguém menos que Paulo Xisto, baixista da também mineira Sepultura e padrinho do baterista Aldrin, cujo pai é Christiano Salles (baterista da lendária banda de thrash metal The Mist). O primeiro registro em estúdio foi um EP homônimo, de cinco músicas, lançado em 2014.

Em pouco menos de cinco anos de atividades, a KKFOS participou de importantes eventos, inclusive com banda internacional, como quando abriu para a norte-americana Rádio Moscow e para a Ego Kill Talent (banda do batarista Jean Dolabella, ex-Sepultura) em Belo Horizonte. Também se apresentou na segunda edição do Festival Rock do Deserto II, Stoner Party, Festival Mamute, Rock Street e Grito Rock.

O KKFOS se mantém ativa na cena rock autoral mineira por meio do coletivo Murro, que conta com bandas como Lively Water, Tempo Plástico, Green Morton, Riviera, Cordoba, Zonbizarro e Elízia. Neste movimento, artistas e grupos juntam forças para que todas consigam espaço e públicos em Belo Horizonte. 

KKFOS na internet: www.facebook.com/kkfosoficial 

A música passa por aqui.

Email:

contato@revistasom.com.br

Fone:

11 98022.7441

Mídias Sociais